Ao participar do ato antidemocrático promovido pelo MBL no domingo 12 de setembro de 2021, o governador do estado de São Paulo João Dória, dança aos gritos de xingamento ao presidente e age de forma histérica e compulsiva em defesa da vacina, ao mesmo tempo que repudia as ações do governo federal na compra de cloroquina.

Mesmo após o anúncio da terceira dose da vacina CoronaVac, o governador parece estar certo de que a tal autopropaganda de promovedor da vacina, pode fazer melhorar sua imagem diante da maioria que o elegeu, mas que hoje não o vê com bons olhos.

Além disso, João Dória se contra diz quando grita por democracia, o que é no mínimo uma falta de coerência, uma vez que a maioria que o elegeu o fez pelo voto, exercendo assim a democracia. Será que ele preferiria que o povo escolhesse outro em seu lugar?

São Paulo, Avenida Paulista, 12 de setembro de 2021.